Os 8 Odiados – Resenha Crítica

Os 8 Odiados - banner

os oito odiados - poster

Sinopse:

Os 8 Odiados (The Hateful Eight) – Durante uma nevasca, o carrasco John Ruth (Kurt Russell) está transportando uma prisioneira, a famosa Daisy Domergue (Jennifer Jason Leigh), que ele espera trocar por grande quantia de dinheiro. No caminho, os viajantes aceitam transportar o caçador de recompensas Marquis Warren (Samuel L. Jackson), que está de olho em outro tesouro, e o xerife Chris Mannix (Walton Goggins), prestes a ser empossado em sua cidade. Como as condições climáticas pioram, eles buscam abrigo no Armazém da Minnie, onde quatro outros desconhecidos estão abrigados. Aos poucos, os oito viajantes no local começam a descobrir os segredos sangrentos uns dos outros, levando a um inevitável confronto entre eles.

Os 8 Odiados – COMENTÁRIOS SEM SPOILER:

Eu tenho uma tendência a gostar bastante dos filmes do Tarantino que seguem mais ou menos essa linha de história, e esse não foi uma excessão. Gostei bastante! Os diálogos são muito bem construídos, e a fotografia do filme é muito boa! O desenrolar da história é muito interessante, e simplesmente não da pra adivinhar o que cada um está fazendo ali e o que que é verdade e o que é mentira até o final do filme. E o final é surpreendente, eu realmente não esperava. Mas é bom, não é ruim não. E ainda tem o detalhe de que o filme te faz rir, bastante até. Gostei bastante! Indicado para o Oscar de 2016 por Melhor trilha sonora, Melhor fotografia e Jennifer Jason Leigh para melhor atriz coadjuvante. Fotografia não consigo decidir quem mais provável de ganhar, mas o trabalho estava impecável. Gostei da atriz, mas não sei se ganha o prêmio de melhor atriz coadjuvante. Vá ver no cinema, esse também vale a pena! Senão, faça uma sessão em casa e chame os amigos, os comentários vão valer a pena!

Dirigido por Quentin Tarantino
Com Samuel L. JacksonKurt RussellJennifer Jason Leigh mais
Gênero Faroeste , Drama , Suspense
Nacionalidade EUA
Indicações ao
Oscar 2016
Melhor trilha sonora
Melhor fotografia
Jennifer Jason Leigh: melhor atriz coadjuvante.

OS 8 ODIADOS – COMENTÁRIOS com SPOILER:

Cacete, a condenada é muito irritante! huaua A sacada de que a dona da taberna odeia Mexicanos é muito boa também. E cacilda, quanta gente morre meu pai! auhauh. Achei extremamente desnecessária a parte da tortura do filho do Coronel, podia ter tortura, mas precisava ser aquela? Ok, entendi que a idéia era incomodar demais, mas achei desnecessário. Porém, o tiro nas bolas achei uma covardia coitado uhahua,mas com certeza o Coronel gostou muito ahauhu.  A história da carta do presidente dos EUA é muito boa! E o momento que ele da um tapão na mulher e voam os dois pra fora da carruagem muito boa também! Curti muito a reviravolta do filme, que no final os dois que sobreviveram eram os que mais estavam se alfinetando desde o início. Bom, no final, eu só fiquei com uma pequena dúvida: aqueles dois sobreviveram ou acabaram morrendo de hemorragia? auhhua

É isso meus amores, essa foi a minha impressão do filme. Vou falar a mesma coisa que faleiem todos os outros, por favor, não joguem pedras, não me xinguem se tiverem uma opinião diferente uhaua. Deixa nos comentários o que vocês acharam, no que discordam, nos que concordam. Quero muito saber a opinião de vocês!

FanpageInstagramTwitterSkoob Bloglovin

Related Posts

XVII Bienal do Livro

2015-09-06 15:49:50

1

6 on 6 – Natal

2015-12-08 19:56:52

1

RECEITA // Biscoito Amanteigado

2017-04-04 18:48:35

1

deixe um comentario3

The Revenant (O Regresso) – Resenha Crítica

  

090910.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Sinopse:

1822. Hugh Glass (Leonardo DiCaprio) parte para o oeste americano disposto a ganhar dinheiro caçando. Atacado por um urso, fica seriamente ferido e é abandonado à própria sorte pelo parceiro John Fitzgerald (Tom Hardy), que ainda rouba seus pertences. Entretanto, mesmo com toda adversidade, Glass consegue sobreviver e inicia uma árdua jornada em busca de vingança.

Comentários SEM Spoiler:

Trata-se de um filme bem longo (2:36) , então compre a maior pipoca que tiver! Até por que, o filme não tem muito mais história do que o que conta a sinopse. Dotado de uma série de cenas que eu simplesmente não podia olhar, sim, eu faço medicina mas tenho nervoso de muita coisa no cinema. E muitos comentários nível: cacete! cacilda! E todas as variações possíveis. Para mim está longe de ganhar como melhor filme, levando em consideração os outros filmes que estão concorrendo. A fotografia e os efeitos visuais, perfeitos. A atuação do Leonardo DiCaprio está impecável! Gostei muito do Tom Hardy também. E estou muito na torcida pelo DiCaprio, ele merece esse Oscar há muito tempo, e esse é o tipo de filme cuja atuação ganha Oscars. Mas preciso dizer que gostei muito mais do O Lobo de Wall Street. Na minha humilde opinião, não vale a pena ir no cinema se você quiser ver o filme pela história. Mas se estiver lá para ver o Leonardo atuando ou o efeito visual do urso aí eu apoio! O ataque foi lindo! Realista até demais! Agora siga lendo se você quiser ver os comentários COM Spoiler, esta logo após a ficha técnia. Se não, pare por aqui.

Ficha Técnica:

Lançamento 4 de fevereiro de 2016 (2h36min)
Dirigido por Alejandro González Iñárritu
Com Leonardo DiCaprioTom HardyDomhnall Gleeson mais
Gênero Faroeste , Aventura
Nacionalidade EUA
Oscar (Indicações) Melhor filme
Melhores efeitos visuais
Melhor figurino
Melhor fotografia
Melhor diretor (Alejandro G. Iñarritu)
Melhor ator coadjuvante (Tom Hardy)
Melhor Ator (Leonardo DiCaprio)

Comentários Com Spoiler

Então, a única parte da história que não é contada na sinopse é que a vingança é porque o John Fitzgerald (Tom Hardy) mata seu filho. Fora isso, está tudo ali. A filme tem história até a hora que ele é abandonado à própria sorte (primeira meia hora de filme?), o resto inteirinho é ele se ferrando múltiplas vezes. “Cacete, ele não para de se ferrar não?” Meu único comentário mais extenso durante o filme. Se cortassem uma hora de filme ficaria melhor. Muitas cenas completamente desnecessárias, acredito que para tentar mostrar o nível de dificuldade e colocar bastante drama no filme, mas acabou ficando meio cansativo. Achei que eles podiam ter explorado melhor a parte indígena da história, ter colocado um pouco das tradições, e coisas assim, para dar mais profundidade, mas eles passam muito superficialmente. E o final? Bom, completamente previsível. Ele mata o cara. Por sinal, por que diabos tirar o escalpo do ruivinho?! Pelo menos um elemento da cultura indígena. Eu já ia quase me esquecendo, o filho do Hugh Glass (Leonardo DiCaprio), para mim, só existiu no filme para ser morto e fim da história. Podiam ter construído melhor o personagem. Mas enfim, vou para de reclamar e vou falar das coisas boas do filme: a fotografia está fantástica! Disso eu não tenho uma vírgula para falar. O efeito visual do urso e da parte que ele entra no cavalo para dormir, perfeitos também! Minhas cenas favoritas. Aquele ataque foi lindamente real! Agora comentário completamente desnecessário, mas que eu quero muito fazer: medicamente falando, impossível ele ter sobrevivido (Ps: o que foi aquela cena dele bebendo água e ela saindo pelo pescoço dele?! O.o).

É isso gente, essa foi a minha impressão do filme. Por favor, não joguem pedras, não me xinguem se tiverem uma opinião diferente uhaua. Deixa nos comentários o que vocês acharam, no que discordam, nos que concordam. Quero muito saber!!

Mil e um beijinhos e até a próxima!!

FanpageInstagramTwitterSkoob Bloglovin

Sinopse e Ficha Técnica: Adorocinema

deixe um comentario3