Brooklyn – Resenha Crítica

banner-brooklyn-Brooklyn_Film_844x476

496599.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Sinopse

Brooklyn:  A jovem irlandesa Ellis Lacey (Saoirse Ronan) se muda de sua terra natal e vai morar em Brooklyn para tentar realizar seus sonhos. No início de sua jornada nos Estados Unidos, ela sente falta de sua casa, mas ela vai tentando se ajustar aos poucos até que conhece e se apaixona por Tony (Emory Cohen), um bombeiro italiano. Logo, ela se encontra dividida entre dois países, entre o amor e o dever.

COMENTÁRIOS SEM SPOILER:

A sinopse é bem completa, e o filme é bem legal. Eu só mudaria uma pequena frase mas acho que não colocaram para não dar muito spoiler, então eu falo disso depois. Mas então, voltando. O filme é muito muito fofo, bem romântico mesmo, e você vai realmente pegando a mudança de humor que acontece na personagem conforme ela vai desvendando a vida em NY e encontrando o amor dela. Até ela precisar voltar para casa e ter que deixar o mundinho perfeito que ela tinha construído para si para trás. Ao chegar lá ela reencontra o país dela, a mãe deixa claro em diversos momentos que não quer que ela volte e as coisas começam a dar certo para ela por lá. Até que algo acontece que faz com que ela decida onde é a nova casa dela, na Irlanda ou em NY. Agora vamos falar das indicações ao Oscar. Melhor filme acho muito muito muito difícil, inclusive, acredito que se fosse colocar em uma escala, O Regresso é mais filme para ganhar que Brooklyn. Melhor atriz eu não posso falar nada ainda, mas eu posso quase apostar que a atuação da atriz de Room (O Quarto de Jack) vai ser melhor, mais comovente e tudo o mais.

Ficha Tecnica:

Lançamento 11 de fevereiro de 2016 (1h52min)
Dirigido por John Crowley
Com Saoirse RonanEmory CohenDomhnall Gleeson mais
Gênero Drama , Romance
Nacionalidade Irlanda , Reino Unido , Canadá
Indicações ao Oscar Melhor filme, Melhor Atriz Saoirse Ronan e Melhor roteiro adaptado

COMENTÁRIOS COM SPOILER:

Vamos começar pelo começo. A parte do barco é muito boa! Mostrando como se ela fosse uma menina do interior que não sabe de nada. Essa construção do personagem e desenvolvimento é muito boa! Da pra ver o contraste direitinho no final e ao longo do filme. Depois, chegando em NY, eu gosto de todas as partes, até das meninas malucas da casa onde ela mora. E o namorado dela é a coisa mais fofa gente! Não tem como não se apaixonar por aquele menino. E quando ela volta pra casa, a pressão de tudo e de todos, especialmente da mãe dela para ela não voltar é absurda! Sem falar no fato dela ter conseguido um emprego já e praticamente um marido. Eu diria que a decisão dela não foi entre o dever e o amor, como fala a sinopse, mas sim entre um amor e outro amor, por que ela claramente estava afim do garoto irlandês. Achei engraçado de verdade o que fez ela se decidir. Eu quase diria que se a mulher não tivesse chantageado ela, ela não teria voltado para NY, ela teria ficado por lá. Até por que, gente, largar a mãe sozinha é bem complicado, ainda mais depois da reação dela quando ela disse que ia voltar para NY, não sei se eu teria coragem não. Ainda mais com tudo que ela tinha ali. Mas ela voltou e eu sempre achei ela com o menino de NY muito mais fofo de qualquer forma uhauha. Então nem fiquei decepcionada com o final do filme não.

É isso gente,  Brooklyn, é um filme que com certeza veremos na nossa sessão da tarde. Mas não me leve a mal, ele não é ruim. Ele é gostosinho. Deixem nos comentários o que vocês acharam, no que discordam, nos que concordam. Quero muito saber a opinião de vocês! Quero saber também por qual namorado vocês estavam torcendo!! uahhua.

Mil e um beijinhos e até a próxima!!

FanpageInstagramTwitterSkoob Bloglovin

Sinopse e Ficha Técnica: Adorocinema

deixe um comentario3