Irlanda // Tirando o meu visto

Oi gente! Tudo bom? Hoje eu vim contar um pouquinho de como foi tirar o meu visto na Irlanda, o que eu precisei levar, onde precisei ir e tudo o mais. Então vamos lá. O visto do meu marido é o visto de trabalho e o meu é o de esposa (Stamp 3) e com esse visto, eu não posso trabalhar ou qualquer coisa do gênero, se eu quiser fazer isso, vou ter que arrumar o emprego e ir lá novamente pedir para mudarem o meu visto.

Stamp 1 Stamp 3
This person is permitted to remain in Ireland on conditions that the holder does not enter employment unless the employer has obtained a permit, does not engage in any business or profession without the permission of the Minister for Justice and Equality and does not remain later than a specified date.

·       Non-EEA national issued with a work permit
·       Non-EEA national issued a Green Card Permit
·       Non-EEA national who have been granted permission to operate a business in the State
·       Working Holiday Authorisation holder

 

This person is permitted to remain in Ireland on conditions that the holder
does not enter employment, does not engage in any business or profession and does not remain later than a specified date.

·       Non-EEA visitor
·       Non-EEA Minister of Religion and Member of Religious Order
·       Non-EEA spouse/dependant of employment permit holder

 

 irlanda // tirando meu visto

Onde eu preciso ir?

Visa Office
Irish Naturalisation and Immigration Service
13-14 Burgh Quay
Dublin 2
Ireland

Clique aqui para ver no Google Maps.

O que Precisamos levar?

Rafael Maria
  • Permissão de trabalho
  • Passaporte
  • Cartão de Crédito (custa 300 euros e eles não aceitam dinheiro!)
  • Comprovante de residência
  • Cópias da certidão de casamento traduzida e da original
  • O Marido
  • Passaporte
  • Cartão de Crédito (custa 300 euros e eles não aceitam dinheiro!)
  • Comprovante de residência

Quanto tempo demora para o Visto sair?

Sai no mesmo dia. Aquela coisa, você perde o dia inteiro lá, mas pelo menos você sai com tudo resolvido, o que é muito bom.

Quer saber mais? Assiste o vídeo!

deixe um comentario3

Alugando um Apartamento em Dublin

Bom dia meus amores!

Hoje eu vim falar de um assunto importante para quem pensa em vir morar aqui em Dublin. Como alugar um apartamento? Bom, já vou adiantando que não é fácil, então se você for ficar por um curto período de tempo, seria preferível ficar em um apartamento AirBnb ou alguma coisa similar. Mas vamos lá que eu vou explicar passo a passo como foi conosco e como você pode fazer para conseguir o seu apartamento.

Processed with VSCOcam with a5 preset

1. Procurando o apartamento

Existem corretoras por aqui? Acredito que sim, mas usamos esse site, o daft.ie e fizemos tudo através dele para conseguir o apartamento. Através dele você consegue também ter uma noção mais ou menos do valores dos aluguéis por aqui. Então, se você está vindo para cá, esse é o seu site.

2. Gostei de um apartamento do site, quero alugar, como faço?

Entra em contato com o responsável pelo imóvel, seja por telefone, seja por mensagem no próprio site, falando que está interessado e que deseja ver o apartamento. Provavelmente ele vai agendar um dia e horário para você ir lá ver.

3. Vendo o apartamento

Não se engane. Raras serão as vezes que só estará você naquele dia e horário para ver o apartamento. Se fosse assim, seria muito simples. Por um lado, isso é bom, pois te da a liberdade de bisbilhotar o ap todo sem ninguém no seu pé.

4. Gostei do apartamento, quero alugar, como faz?

Bom, aqui é praticamente o oposto do que acontece no Brasil: lá, você escolhe o apartamento que quer, com calma e a pessoa que está alugando fica agradecido que conseguiu alugar o apartamento. Certo? Certo. Aqui é o contrário. Aqui se você gostou do apartamento, você vai colocar o seu nome numa lista, junto com algumas informações que serão avaliadas pelas pessoas que querem alugar o ap e ELES escolhem dentro das opções, para quem eles vão alugar. Conclusão: se você é jovem, solteiro, sem emprego ou acabou de arranjar um, estrangeiro, que acabou de chegar, sem referência de proprietários de outros apartamentos em que tenha alugado, quais as chances de alguém confiar o apartamento a você? Talvez entre você e um casal com filhos pequenos e cachorro, você seja a preferência, mas assim, geralmente não são só 2 pessoas querendo o mesmo ap.

5. E agora? O que eu faço?

Vai ficar pouco tempo? Vai para um airbnb, divide apartamento, qualquer outra opção, você provavelmente não vai conseguir um alugar um ap e sinceramente? Nem vale o esforço. Até por que, os contratos aqui, em geral, são de no mínimo 6 meses e a maioria de no mínimo 1 ano.

Ta vindo para morar mesmo ou ficar bastante tempo? Vamos lá, agora eu vou te contar como conseguimos o nosso apartamento e o que fizemos para isso:

Já estávamos ficando meio desesperados pois quando meu namorado veio para cá, ele era basicamente o perfil que eu descrevi ali em cima. Então ferrou. Ele via os aps, gostava, mas nunca conseguia nenhum. Aí tivemos que começar a criar coisas para convencer os proprietários de que ele era uma pessoa responsável e que iria cuidar bem do apartamento. Eis o que criamos:

  • Na época, ele estava já há umas 2 semanas na casa de uma senhora, via airbnb. Bom, pedimos uma carta de recomendação dela, dizendo que ele estava hospedado na sua casa, e que era uma pessoa organizada, que nunca havia dado problemas, que era confiável e tudo o mais. Ok. Não tem o peso de uma carta de um proprietário/landlord prévio, mas já ajuda muito. Então aí vai a primeira dica: você mora no Brasil em apartamento alugado? Tente conseguir com o proprietário ap onde você vive no Brasil uma carta de referência. Sério, vai ajudar.
  • Outra coisa que auxilia nesse processo é uma carta do seu empregador, falando que você realmente trabalha onde diz que trabalha e sua faixa salarial. Também tínhamos uma dessas.
  • Nosso casamento era dentro de um mês apenas. E uma coisa é um homem solteiro em um apartamento. Outra coisa é um homem casado. Preconceito? Com certeza. Mas é a vida. Começamos a dizer que já éramos casados.
  • Um vez que o Rafael ia ver os apartamentos juntos com todos os outros “pretendentes”, pronto, ele já estava em desvantagem. Resolvemos esse problema como?! Bom, chegou um momento que estávamos cansados de ter nossos corações partidos por gostar de um ap e ele nunca ser nosso. Resolvemos apelar. Oferecemos de pagar o aluguel mais caro para ver um apartamento primeiro, o proprietário foi receptivo, mostrou o apartamento e fechamos o negócio. Estamos nesse apartamento.

Mas não me entendam mal e desistam se vocês tem as características descritas acima. Na mesma época que Rafael estava procurando um Russo, que chegou na mesma época que ele, estava na mesma caçada. Pois bem, ele conseguiu um apartamento também, mas demorou umas 2 semanas a mais.

6. Agora só assinar o contrato? Quais documentos preciso?

Documentos: Apenas o número do seu PPS (Personal Public Service Number).
Ps: Fechamos o ap diretamente com os proprietários. Então não sabemos exatamente quais as exigências de documentos quando fechando o contrato com administradoras. E acredito que dependa da administradora também. O Russo citado acima, fechou com uma administradora, ele teve que enviar além do PPS: passaporte, comprovante de renda do banco e a carta do empregador.

Depósito de Segurança: No Brasil, geralmente o que acontece é que temos um fiador. Aqui porém, o que eles pedem é um depósito de 1 mês (em geral) de garantia, que você retira ao final do seu contrato se não tiverem havido danos ao apartamento causados por você ou inadimplência.

7. Pagando o Aluguel

Uma coisa importante de saber é que aqui eles cobram o aluguel adiantado. Sendo assim, logo que você fecha o contrato, você precisa pagar 2 meses de aluguel: um é o pagamento do mês, normal e o outro é o depósito de segurança/garantia. Então, traga dinheiro suficiente para tal.

Dicas:

  • Os apartamentos aqui em geral já vem mobiliados, então não precisa se preocupar com essas coisas. Incluindo utensílios de cozinha. Mas se não vier, ou você sentir falta de algum móvel, recomendo a IKEA, coisas baratas, de qualidade e que quebram um galho gigantesco. E você encontra tudo em uma loja só.
  • Quando estiver olhando, dê preferência para os apartamentos nas quais as torneiras misturam a água quente com a fria. Muitos aps aqui tem as torneiras fria e quente separadas, o que inviabiliza de você utilizar a quente, uma vez que a água sai queimando. E lavar louça, escovar os dentes, lavar as mãos na água gelada (é muito gelada) principalmente no inverno, não é legal.
  • Quando chegarem no apartamento, verifiquem se tem algo quebrado e entrem em contato logo com o responsável pelo ap para que tudo seja concertado logo de uma vez
  • Não seja muito exigente. Especialmente por que o apartamento já vem mobiliado, tendemos a as vezes não gostar do apartamento, por exemplo, por odiar o sofá, ou a escolha de móveis da sala. Não faça isso. Também não seja detalhista. Isso só vai dificultar para você conseguir o ap. E sinceramente, acho que nunca vai conseguir do jeito que quer.
  • Morar perto de pubs, em geral não é problema, uma vez que eles tem um bom isolamento de som. Mas cuidado com as boates. Muitas pessoas tendem a sair bêbadas dessas, gritando e fazendo bagunça, tendem a deixar muito lixo na rua (por ficarem horas na fila para entrar) e coisas assim.
  • Cuidado com as igrejas também! Muitas tem sinos que fazem MUITO barulho e tocam por muito tempo! Incomodando bastante.
  • Dublin 1 é a região do centro da cidade e uma área próxima de tudo e em geral com os preços mais acessíveis. As demais regiões mais em conta tendem a ser mais afastadas.
  • CUIDADO COM OS GOLPES!!! 

Bom pessoal, essa foi a história de como conseguimos o nosso apartamento e como é para alugar um apartamento por aqui. Qualquer dúvida, pergunta que tiverem, pode deixar aí nos comentários que tentaremos responder. Depois me falem se gostaram do post e como foi/está sendo a procura de vocês.

Mil e um beijinhos e até a próxima!

FanpageInstagramTwitterSkoob Bloglovin

deixe um comentario3

Brooklyn – Resenha Crítica

banner-brooklyn-Brooklyn_Film_844x476

496599.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Sinopse

Brooklyn:  A jovem irlandesa Ellis Lacey (Saoirse Ronan) se muda de sua terra natal e vai morar em Brooklyn para tentar realizar seus sonhos. No início de sua jornada nos Estados Unidos, ela sente falta de sua casa, mas ela vai tentando se ajustar aos poucos até que conhece e se apaixona por Tony (Emory Cohen), um bombeiro italiano. Logo, ela se encontra dividida entre dois países, entre o amor e o dever.

COMENTÁRIOS SEM SPOILER:

A sinopse é bem completa, e o filme é bem legal. Eu só mudaria uma pequena frase mas acho que não colocaram para não dar muito spoiler, então eu falo disso depois. Mas então, voltando. O filme é muito muito fofo, bem romântico mesmo, e você vai realmente pegando a mudança de humor que acontece na personagem conforme ela vai desvendando a vida em NY e encontrando o amor dela. Até ela precisar voltar para casa e ter que deixar o mundinho perfeito que ela tinha construído para si para trás. Ao chegar lá ela reencontra o país dela, a mãe deixa claro em diversos momentos que não quer que ela volte e as coisas começam a dar certo para ela por lá. Até que algo acontece que faz com que ela decida onde é a nova casa dela, na Irlanda ou em NY. Agora vamos falar das indicações ao Oscar. Melhor filme acho muito muito muito difícil, inclusive, acredito que se fosse colocar em uma escala, O Regresso é mais filme para ganhar que Brooklyn. Melhor atriz eu não posso falar nada ainda, mas eu posso quase apostar que a atuação da atriz de Room (O Quarto de Jack) vai ser melhor, mais comovente e tudo o mais.

Ficha Tecnica:

Lançamento 11 de fevereiro de 2016 (1h52min)
Dirigido por John Crowley
Com Saoirse RonanEmory CohenDomhnall Gleeson mais
Gênero Drama , Romance
Nacionalidade Irlanda , Reino Unido , Canadá
Indicações ao Oscar Melhor filme, Melhor Atriz Saoirse Ronan e Melhor roteiro adaptado

COMENTÁRIOS COM SPOILER:

Vamos começar pelo começo. A parte do barco é muito boa! Mostrando como se ela fosse uma menina do interior que não sabe de nada. Essa construção do personagem e desenvolvimento é muito boa! Da pra ver o contraste direitinho no final e ao longo do filme. Depois, chegando em NY, eu gosto de todas as partes, até das meninas malucas da casa onde ela mora. E o namorado dela é a coisa mais fofa gente! Não tem como não se apaixonar por aquele menino. E quando ela volta pra casa, a pressão de tudo e de todos, especialmente da mãe dela para ela não voltar é absurda! Sem falar no fato dela ter conseguido um emprego já e praticamente um marido. Eu diria que a decisão dela não foi entre o dever e o amor, como fala a sinopse, mas sim entre um amor e outro amor, por que ela claramente estava afim do garoto irlandês. Achei engraçado de verdade o que fez ela se decidir. Eu quase diria que se a mulher não tivesse chantageado ela, ela não teria voltado para NY, ela teria ficado por lá. Até por que, gente, largar a mãe sozinha é bem complicado, ainda mais depois da reação dela quando ela disse que ia voltar para NY, não sei se eu teria coragem não. Ainda mais com tudo que ela tinha ali. Mas ela voltou e eu sempre achei ela com o menino de NY muito mais fofo de qualquer forma uhauha. Então nem fiquei decepcionada com o final do filme não.

É isso gente,  Brooklyn, é um filme que com certeza veremos na nossa sessão da tarde. Mas não me leve a mal, ele não é ruim. Ele é gostosinho. Deixem nos comentários o que vocês acharam, no que discordam, nos que concordam. Quero muito saber a opinião de vocês! Quero saber também por qual namorado vocês estavam torcendo!! uahhua.

Mil e um beijinhos e até a próxima!!

FanpageInstagramTwitterSkoob Bloglovin

Sinopse e Ficha Técnica: Adorocinema

Related Posts

Séries: The Originals

2016-06-21 21:04:06

1

Morar Fora do País

2015-10-16 22:00:07

1

6 on 6 – Frio

2016-07-09 13:48:06

1

6 on 6 – Metas

2016-01-06 14:25:56

1

deixe um comentario3